21 de janeiro de 2013

Novas normas de Conforto e Segurança na Construção Civil

1 comentários
ABNT 15575 - Menos barulho na construção civil
ABNT 15575 - Menos barulho na construção civil
Em maio entra em vigor novas normas de conforto e segurança para a construção civil. Quem mora em apartamento reclama seguidamente de barulho de cima ou dos lados. Quem mora em casa reclama do calor excessivo ou do frio. Para resolver, ou amenizar esses problemas foi anunciado esta semana novas normas de conforto e segurança para a construção civil.

NBR 15575: mais segurança e conforto

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) lançou a Norma Brasileira de Desempenho de Edifícios (NBR 15575). A norma é voltadas a empreendimentos novos de até cinco pavimentos e entrará em vigor em março de 2013.  O propósito é melhorar a qualidade dos imóveis no mercado.

Ouvir a descarga do apartamento do lado, o salto da vizinha de cima que chega tarde e a criança que corre atrás da bola o dia inteiro está com os dias contatos. Pelo menos para quem comprar um imóvel já adaptado às novas regras.

ABNT 15575 - Menos barulho na construção civil
ABNT 15575 - Menos barulho de seus vizinhos
A nova norma envolve segurança e conforto. Cada tipo de construção terá uma especificação específica. A NBR 15575 aborda a segurança estrutural e contra incêndio, desempenho térmico, acústica e iluminação.

As mudanças não envolvem apenas a segurança e estrutura. O conforto dos moradores também é considerado.

A ABNT criou um padrão mínimo de exigência e as empresas de construção poderão enquadrar a edificação em classificações mais elevadas, de acordo com a qualidade do empreendimento. Haverá também um manual que será entregue aos novos proprietários, como já acontece com os carros. Assim, o proprietário terá informações importantes sobre condições de uso e manutenção do novo imóvel.

Essas mudanças devem impactar também nos preços dos imóveis. Especialistas acreditam em aumentos de 10% a 15% no valor total da construção. Mas, se pensarmos no tempo que viveremos no imóvel e que por este tempo estaremos livres dos barulhos indesejados e outros problemas de difícil solução, o aumento de preço será compensado.

O consumidor precisa ficar atento e cobrar da construtora a qualidade dos produtos usados na obra, assim como se tudo atende às especificações. Afinal, ninguém quer pagar mais e não ter os benefícios prometidos.

Um comentário até o momento

Deixe uma mensagem